Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

30 de set de 2011

Divulgação: Release e capa de Teatro Completo Vol. 2 - Editora Landmark

Olá gente, venho hoje com mais uma divulgação, iria postar uma coisa diferente hoje, já que ontem também foi isso, só que não estou com muito tempo para elaborar postagens, já que amanhã é minha última prova. Então, vamos agora à divulgação do livro Teatro Completo - Volume 2, da Editora Landmank.


Teatro Completo - vol. #2 (Oscar Wilde):
Salomé é um drama poético, escrito em 1892 em francês e traduzido para o inglês em 1894, baseia-se em passagens do Evangelho segundo São Mateus (14:3-11) e São Marcos (6:21-28). O drama foi escrito para ser representado por Sarah Bernhardt, em Paris. Em 1892, foi proibida na Inglaterra por conter personagens bíblicos. João Batista, um profeta muito popular pelo povo cristão, está encarcerado na masmorra do palácio de Herodes Antipas por denunciar a corrupção reinante nos altos escalões do governo e a imoralidade na corte. Ele é muito desejado por Salomé, filha de Herodes Filipe e Herodías, criada na corte do tio, Herodes Antipas. Porém João Batista a repele com desgosto e recomenda que ela procure Yeoshua, para se redimir de seus pecados. Em uma festa no palácio, Herodes Antipas, pede para que a sobrinha faça a dança dos sete véus. Muito entusiasmado com a performance e feliz por ter agradado os convidados ele se compromete em lhe dar uma recompensa, então fica estarrecido com o pedido de Salomé: ela quer a cabeça de João Batista, numa bandeja de prata. Constrangido e com receio da popularidade de João Batista perante aos camponeses, ele tenta negociar toda sua riqueza, em vão, pois Salomé está decidida. Sem escolha, o tetrarca atende ao pedido de Salomé e lhe entrega a cabeça de João Batista em uma bandeja de prata, ela por sua vez, beija a boca da cabeça decepada do morto num êxtase de forma doentia. Revoltado, com a atitude de Salomé, ele manda matá-la.
-
Uma Mulher sem Importância é a segunda comédia de sociedade que Oscar Wilde escreveu, em 1892, e teve a sua estreia em 19 de Abril de 1893, no Haymarket Theatre, em Londres. Como característica de Wilde essa peça tem momentos ora de muito humor, ora de grande tensão e dramatismo. A comédia se passa em plena sociedade vitoriana e conta a história de um jovem ambicioso, Gerard Arbuthnot, filho ilegítimo, que se vê forçado a escolher entre o pai, um influente aristocrata, e sua mãe, uma mulher sem importância. Quando o senhor Illingworth lhe oferece um emprego como seu secretário, Gerard fica radiante com a possibilidade de entrar para a sofisticada sociedade, porém sua mãe esconde um segredo a vinte anos que pode destruir a felicidade de seu filho. Como ela poderá mostrar a Gerard que o senhor Illingworth, contrariamente às aparências é um homem sem importância? O personagem de Lorde Illingworth é um impressivo alter-ego de Oscar Wilde que fez a seguinte descrição da peça: “Os críticos acharam que ‘O Leque de Lady Windermere’ tinha muito diálogo e pouca ação; resolvi por isso escrever a peça perfeita: só dialogo, sem ação nenhuma.”
-
Um Marido Ideal é uma comédia escrita em 1895 por Oscar Wilde, que gira em torno de chantagem e corrupção política, a história se passa no final do século 19, em Londres. Sir Robert Chiltern é um homem bem sucedido em todos os aspectos, um político excepcional, tem amizade com muitas pessoas influentes e um casamento perfeito com Gertrude. Quando está preste a ser nomeado para o gabinete, a sedutora Lady Laura Cheveley surge com uma carta que esconde um segredo do seu passado aparentemente honesto, chantageando a destruir sua carreira e casamento caso não defenda um projeto falido na Câmara, do qual ela fez um grande investimento financeiro. Quando sua vida parece estar arruinada, Sir Robert pede ajuda a Arthur Goring, um solteiro festeiro e muito namorador, para salvar seu casamento. Um marido ideal ressalta as fraquezas humanas e a hipocrisia social.
-
Uma Tragédia Florentina é um fragmento de uma tragédia que nunca foi concluída por Oscar Wilde. A ambientação da peça acontece na Florença Renascentista no início do século 16 e conta o caso de amor ilícito entre o príncipe local Guido e a plebeia encantadora, Bianca. Quando seu marido, o rico comerciante de tecidos Simon, volta para casa depois de semanas ausente, encontra sua esposa em companhia de um homem que se apresenta como Príncipe Guido, Simon finge hospitalidade e o príncipe começa a ficar incomodado. Ele pede que Bianca traga uma garrafa de vinho para comemorar a visita honorável no príncipe. O príncipe, por sua vez, cansado da situação toma sua espada e se despede de Bianca com um beijo apaixonado. Simon diz que também tem uma espada e propõe um duelo para ver qual das duas espadas é a melhor.
-
La Sainte Courtisane é uma peça inacabada que Oscar Wilde escreveu em 1894. O projeto original foi deixado em um táxi pelo autor, e apenas um fragmento sobreviveu até os dias atuais. Explora uma das grandes obsessões de Wilde: o paradoxo do hedonismo religioso e a piedade pagã. La Sainte Courtisane conta a história de uma prostituta de beleza inigualável, coberta de joias, que faz uma peregrinação ao deserto para procurar um belo e jovem eremita, um homem muito santo, que vive uma vida de oração e nunca olha as mulheres no rosto. A prostituta Myrrhina aparece para Honório em toda sua glória e, enquanto ele tenta convencê-la a consertar os seus caminhos e seguir o caminho de santidade, ele comete o erro de levantar os olhos para olhar em seu rosto adorável. Nesse ponto, o eremita decide deixar sua caverna solitária e ir para Alexandria, a cidade do prazer, onde Myrrhina viveu e onde ele pode ‘saborear dos sete pecados'. Myrrhina, depois de ouvir o santo homem, decide o contrário e fica no deserto para viver a vida de eremita. No final, os dois personagens percebem um está vivendo a vida do outros, de acordo com algum tipo de plano divino.


O lançamento da obra está previsto para outubro/2011.
Como já havia postado aqui no blog, o volume 1 já foi lançado! Quem quiser conhecer, clique aqui.
E como de costume, o livro é em edição bilingue, assim como todos os outros da editora! Tenho vontade de conhecer, parece ser um livro fantástico que contém traços de um século passado.

Espero que tenham gostado.
Beijos!

10 comentários:

  1. Hahaha!! Mega engraçado Texto Completo!!! Muito interessante!!

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito desse tipo de livro, mas não tira o fato que Oscar Wilde é um grande escritor!
    Beijinhos
    Michelle, Minha Bagunça

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser bem interessante. Adorei *-*

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. O livro realmente parece bem interessante... Fiquei curiosa :X
    Beeeijos

    Marina Oliveira
    http://distribuindosonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece ser muito legal! A capa é muito linda!

    Beijão
    http://manialiteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Aii, amo teatro! Acho que não tem coisa melhor de que assistir uma peça de comédia! rs'
    Gostei bastante deste livro. A sinopse e a capa são muito bem feitas! :)


    Beijinhos,
    www.primeiro-livro.com ?

    ResponderExcluir
  7. Ler peça teatral é meio cansativo pra mim. Mas as sinopses são interessantes. Até agora a única obra do Oscar Wilde que li foi O Retrato de Dorian Gray (livro fabuloso).

    ResponderExcluir
  8. Também tenho vontade de conhecer esse livro! Adoro o Oscar Wilde, ele era super inteligente e imagino que esse livro deve ser muito bom! ^^ Com certeza ainda irei lê-lo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Esse é um daqueles livros que estou doido para ler, parece ser muito bom, ainda mais pelo fato dele ser bilíngue. Já ouvi muitas críticas positivas a respeito de Oscar Wilde.

    Abraços, Caíque

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um bom livro...
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir