Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

28 de fev de 2013

Resenha: O Amor Nunca Diz Adeus-Amadeu Ribeiro

Informações:

*Autor: Amadeu Ribeiro
*Editora: Vida & Consciência (cortesia)
*Páginas: 400
*ISBN: 9788577222155
Sinopse: Vindos de diferentes realidades na cidade de São Paulo, dois jovens ultrapassam as disparidades sociais, ciúmes e truques invejosos para conseguir viver o amor pleno e verdadeiro. De família humilde, uma jovem vive com a mãe e a irmã mais nova. Desempregada e com problemas financeiros, sua vida muda de rumo quando começa a trabalhar numa importante empresa de tecnologia. Ganhando a confiança do diretor e dono da maior parte das ações da firma, ela conhece toda a sua família durante uma reunião. Ao vê-la pela primeira vez, um de seus filhos apaixona-se instantaneamente pela jovem e rompe seu noivado para ficar com ela. Sua ex- noiva, uma jovem rica, ambiciosa e mimada, criará várias situações para separar o casal.


Resenha: O romance de estréia do autor Amadeu Ribeiro, O Amor Nunca Diz Adeus, foi um livro que me conquistou aos poucos com sua narrativa simples e encantadora. Confesso que à primeira vista, o que me chamou mais a atenção para lê-lo foi sua capa – simples, porém muito bonita – mas depois de terminada a leitura percebi que não se tratava de mais um romance comum.

Entretanto, inicialmente não me senti tão conectada à história. Não que eu não acredite em amor à primeira vista, porque eu acredito, mas me incomodou um pouco o fato de que quase todos os personagens se apaixonaram de tal maneira. Entendo que todos eles já se conheciam de vidas passadas, mas achei o começo um pouco rápido demais – principalmente quando o personagem troca a noiva pela garota que acabou de conhecer.

Felizmente, ao longo do livro a minha opinião inicial sobre os romances nele descritos foi mudando e senti a forte conexão entre Yuri e Natália, que no começo não pude perceber. O romance entre eles é bonito, doce e inocente e o mais interessante em livros do gênero é saber que as histórias narradas neles são reais. Só achava uma pena quando Yuri se deixava levar por fofocas que destruíam momentaneamente esse amor, e torcia para que o mesmo enxergasse a verdade de uma vez por todas.

Porém o livro não é somente sobre o romance entre o casal principal, o que também foi um ponto positivo. O drama familiar que envolve os Onofre, família de Yuri, foi a trama paralela que mais gostei de acompanhar. Brenda foi uma personagem que me instigou desde o início, principalmente quando se tratava do relacionamento dela com a filha ou com o marido e eu chegava a ansiar pelos capítulos que desenrolavam essas tramas.

Foi um livro que superou bastante minhas expectativas. Foi com certeza um dos melhores romances espíritas que já li, pois a partir da metade do livro não conseguia largá-lo até terminada a leitura. É um ótimo livro tanto para aqueles que gostam do gênero quanto para aqueles que querem tentar algo diferente, iniciando leituras que abordam o espiritismo. Um livro leve, romântico e belíssimo!

Nota: ☻☻☻☻☺ (Muito Bom)

13 comentários:

  1. Oi Dessa!
    Gosto de romances espíritas, embora não leia um há anos.
    De fato, a capa desse livro chama a atenção! Não sabia que era espírita até ler seus comentários!
    Bom saber que as tramas paralelas envolvem e que o livro se torna impossível de largar na metade final. Isso acaba superando os pontos que podem não ter te agradado!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. A capa é super linda!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, nem lido nada sobre. Agora fiquei bem curiosa para lê-lo =D
    A história parece ser bem legal e a literatura nacional está cada vez melhor!
    Beeijos,
    http://isteh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii!!
    Ainda não conhecia esse livro, e apesar de não ler romances espíritas esse me chamou a atenção! ^^
    Gostaria de lê-lo!!
    Beijos

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  4. Oi Dessa! Own, essa capa é fofa, adorei!
    Faz tanto tempo que não leio um romance realmente bom, e "O Amor Nunca Diz Adeus" parece uma obra excelente!
    É ótimo quaando um livro não foca somente no casal principal, a leitura flui de forma agradável!

    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente, como não comentar a capa néh?! Muito fofa!
    E tenho q falar, até ler sua resenha não sabia exatamente a história em si do livro (Só sabia q se tratava de um romanda, claro! kkk')
    Nunca li nenhum romance espirita, esse de fato chamou minha atenção.. Fiquei curiosa para ler ele agora!

    Beijo's
    meumundo-aqui.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. A capa está bem bonita!
    Pra falar a verdade, inicialmente o livro parece ser bem clichê, mas depois de ler sua resenha fiquei com um pouco de curiosidade em ler, nunca li um romance espirita, quero conhecer um pouco desse estilo!
    Gostei bastante da resenha.
    Beijoos,
    Gabriella Suzart

    ResponderExcluir
  7. Eu amo livros espiritas.Acho tudo muito comovente e emocionante,que eu nunca consigo larga-los(hahahahaha).
    E este livro ainda não tinha visto ou ouvido sobre ele,e graças a você e ao seu blog eu o conheci,e estou hiper ansiosa para lê-lo agora.
    Fora que eu sou uma romantista de primeira(hahahahaha).

    Parabéns pela resenha.E espero muito em breve poder ler!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  8. Que romance lindo...houve uma época em minha vida que eu lia muitos romances espiritas, era a minha leitura favorita e agora me deu uma imensa vontade de ler um...a historia me encantou e gostei de saber que ela nao gira so em torno dos protagonistas da historia isso é bom pois traz outras questões para pensarmos! Adorei sua resenha, me deixou muito ansiosa pela leitura desse livro!

    ResponderExcluir
  9. Me parece uma boa para passar o tempo. Nunca antes tinha ouvido falar dele e a história parece estar bem desenvolvida.

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que se tratava de um romance espírita. Sendo assim, imagino uma carga dramática na medida em que gosto, pois romances espíritas retratam a realidade que vemos e a que não vemos ou percebemos, também.
    Gostei de saber que, paralelo ao romance, temos um conflito familiar, tema que sempre acho rico para explorar numa história. Quero ler, sim.
    Ah, a capa é linda!

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de romances espiritas já li vários e quero muito ler esse, que tem um conflito familiar como tema. estou precisando ir além da minhas leituras comuns pra voltar a ler esse tema que gosto muito.

    ResponderExcluir
  12. OLÁ!!Eu amo romance espíritas, e este livro eu não conhecia, conheci através do seu blog.
    Já li vários e quero muito ler esse, que tem um conflito familiar como tema.
    Quero ganhar e aprender mais sobre a doutrina espírita com este livro, que segundo a sua resenha é "Um livro leve, romântico e belíssimo!"
    Bjs

    ResponderExcluir