Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

20 de set de 2012

Resenha: Imaginário Feminino - Camille Thomaz

Informações:
  • Autora: Camille Thomaz
  • Editora: Selo Editorial Alcantis
  • Páginas: 104
  • ISBN: 9788598792361
Sinopse: O amado universo feminino é preenchido por mistérios e dá abertura para abordar os mais variados temas. É poderoso, pode mudar o rumo de uma história. Este universo jamais será desvendado: “Fato.” Pois bem, saiba que algo singular, nas entrelinhas de uma inteligente narrativa, transborda nas páginas desse livro. As palavras se traduzem em sentimentos, desilusões, vivências e passagens (aparentemente) tão cotidianas que atingem o belo mundo ao qual pertence o universo das paixões. A leitura é ininterrupta: “Comprove.” Atingirá a mente dos pensantes e o coração dos que já se apaixonaram, dos que estão em pleno prazer, ou, ainda, daqueles que se apaixonarão: nada de meio termo, todos estarão envolvidos. As histórias, ou a história, se reflete como um espelho no coração de cada leitor que se aventurar aqui. Às vezes leia por duas vezes uma mesma passagem, terá diferentes interpretações: “Aceite o desafio.” A autora trouxe um assunto delicado, ao mesmo tempo necessário. Utilizou de coisas simples para dar uma oportunidade para a reflexão e o desabafo; de encontrar o nosso “eu” — a tanto escondido, que interliga ou busca o sexo oposto. A linguagem, mesmo que simples, traz a mensagem subliminar: “Desvende.” Camille Thomaz pode ser jovem e uma autora iniciante, mas possui uma mente altamente elevada, graças a bagagem cultural que absorveu no apaixonante mundo dos livros. Essa é uma obra voltada à todos, seja para amar, pensar... Ou jamais esquecer: “Não duvide.”


Resenha: Este livro já chamava a minha atenção mesmo antes da publicação. Mas, por não ter a mania de ler as sinopses dos livros, acabei achando que encontraria algo diferente do que realmente é. Não é um livro desses de romance onde encontramos uma garota inocente em busca de seu eterno amor e nem é sobrenatural, como a maioria hoje em dia parece ser. Apesar disso ter, de certo modo, me desanimado um pouco quando iniciei a leitura - por culpa mais minha do que qualquer outra coisa - , percebi que gostei sim do livro, e que aos poucos foi me conquistando com seu jeitinho diferente de ser dos que estou acostumada a ler.
 
Apesar do livro ser contado por Larissa, sua protagonista, não é na verdade um livro sobre a personagem. É um livro sobre sentimentos, sobre inseguranças, medos; sobre ser uma garota apaixonada que nem todas as vezes consegue o quer e sobre a eterna busca por quem ela realmente é. Através de Larissa, vemos o nosso Imaginário Feminino sendo mostrado com uma delicadeza inacreditável. Isso nos é contado através de pequenos contos e que, juntando com o pequeno tamanho do livro, nos faz terminar a leitura em no máximo dois dias.
 
Camille, em muitos destes contos conseguiu que eu me visse como a própria narradora do livro, por já ter passado por situações parecidas com as narradas pela personagem, ou por ter feito em algum momento as mesmas perguntas e ter tido as mesmas inseguranças que ela teve. Nessas passagens do livro eu geralmente parava a leitura e começava a me lembrar de como aconteceu comigo e isso me trouxe não só lembranças ruins, mas uma ótima viagem ao passado com direito a relembrar todos os sentimentos vividos anteriormente. Tenho certeza de que não só eu, mas todas as mulheres um dia já passaram por alguma situação parecida com as contadas no livro e é isso que o torna especial. 
 
Foi um livro que, como já dito, no início chegou a me desapontar um pouco só por não ter sido como eu esperava. Mas foi me ganhando e me envolvendo, chegando ao ponto em que eu já não conseguia largá-lo até que chegasse ao final. Camille Thomaz com certeza fez uma ótima estreia como autora e não vejo a hora de poder ler mais alguma obra sua!
'' ''(...) Quando ouvi você me chamar, falar meu nome completo, uma vez certa e outra errada, pensei que você talvez não fosse tão inacessível assim. Pensei que talvez valesse a pena arriscar. Estranho, não é? Querer arriscar tudo que a gente mais teme por causa de uma palavra, uma voz, um toque. Eu quis. Eu quero. É tarde demais para tentar?'' Em vez de dizer isso, guardei as palavras, o medo, a vontade de tentar e, em tom de brincadeira, falei:
- Porque você está apaixonado.
... e não é por mim.'' Pág 51.

Nota: ☻☻☻☺☺ (Bom)

13 comentários:

  1. Oi Dessa!
    Acho que quando vi a capa pela primeira vez, tive uma impressão semelhante da sua, pelo que pude perceber na resenha. Mas me agradou bastante ver que são contos e que são tão intimamente ligados ao "imaginário feminino", deve ser uma leitura que certamente causa algum grau de identificação - o que acho bem interessante.
    Não é um livro que considero urgente para ler, mas acho que gostaria de realizar a leitura em algum momento!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. ah!! Eu conheci a autora , ela é uma simpatia !

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Dessaa!
    Eu nunca tinha visto esse livro, só quando você na Caixa de Correio e não cheguei exatamente a criar uma impressão sobre ele. Acho legal quando a gente consegue se identificar com os pensamentos das personagens e acabamos fazendo uma comparação com tudo o que já vivemos de modo similar. A identificação na leitura é sempre uma coisa boa, contudo, não acho que leria esse livro agora. Não é do tipo que me deixe na vontade, porém, quem sabe um dia se o pegasse nas mãos o leria, até porque é bem fininho então a leitura deve fluir rápida.
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa não conhecia a autora mas gostei do livro sim...ja vou adicionar na minha lista do skoob quero le-lo acho que vale a pena. haha
    bjão

    sonhos-perdiidos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, nem a a autora, mas de acordo com a sua resenha, parecer ser um livro interessantíssimo ^^

    Abraços,
    Revolução Nerd

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro bem íontimo, pelo menos foi a ideia que a resenha me passou. Não o conhecia, adorei a capa e fiquei com vontade de ler. Há aquels livros que deixam uma reflexão pastelona, mas esse parece invadir mais o interior da mente feminina.

    Beijinhos;*
    Bia!

    ResponderExcluir
  7. A resenha me passou a idéia de um livro muito suave e de fácil compreensão, me interessou!

    ResponderExcluir
  8. O livro aparenta ser bom como você disse. Eu não tenho o costume de ler sinopses, normalmente compro livro ou por indicação ou pela a capa.

    http://devaneioselivros.blogspot.com
    @DevaneiosLivros
    Viviane de Andrade

    ResponderExcluir
  9. Olá! Andressa! priemira visitinha aqui*-*
    gostei da sua resenha! ainda não conhecia esse livro e gostei muito de chegar aqui e me depara com um novo livro para conhecer e confesso que me despertou atenção, apesar de ser lento no começo,mas o que importa é que pega ritmo depois né?

    Beijinhos*-*

    www.emsintoniacomoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olha eu ainda nao conhecio o livro,mas ameei a capa e sua resenha tbm.
    Hoje em dia o romance e o sobrenatural esta muito em alta o q faz com q a gente acabe lendo mto livros do tipo,mas acredito q mudar q mudar um pouco a rotina e ler algo diferente é mto bom. Através da sua resenha-otima,perfeita-pude perseber q Imaginario Feminino é esse 'algo diferente',estarei procurando le-lo e espero gostar assim como vc. ^^

    Bjks.. blog peerfeitooo

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde :)
    Como vai?
    Parece ser um livro bem leve de se ler *-*
    Gostei da dica :)

    Beijos e tenha excelente semana
    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  12. Já fui pega assim também por alguns livros.
    O começo as vezes é meio chato, mas com o decorrer da estória vai predendo você.
    Gostei da dica, não tinha conhecimento desse livro.
    Resenha - Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet.
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Então, Dessa, confesso que olhando a capa também não imaginava nada muito parecido com o que é, mas achei interessante, ao ler sua resenha, ver que ele não é um romance. Legal mesmo é falar sobre o universo feminino (me lembra o livro Toque para Mulheres, do Edson, que deve ser muito bom! Mas que fala sobre o universo feminino, na visão do homem)
    Beijão!

    ResponderExcluir