Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

8 de mai de 2012

Resenha: Questões do Coração - Emily Giffin

Informações:
  • Título Original: Heart of the Matter
  • Autora: Emily Giffin
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 438
  • ISBN: 9788563219312
Sinopse: Tessa Russo é mãe de duas crianças e esposa de um renomado cirurgião pediatra. Apesar dos avisos de sua mãe, Tessa recentemente abriu mão de sua carreira pra se focar na família e na busca da felicidade doméstica. Ela parece destinada a viver uma boa vida. Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de Charlie que tem apenas 6 anos e nunca conheceu o pai. Depois de muitas decepções, ela desistiu do amor - e até mesmo das amizades - acreditando que é sempre mais seguro não ter muitas expectativas. Embora as duas mulheres vivam no mesmo subúrbio de Boston, elas tem muito pouco em comum além do amor pelos filhos. Mas numa noite, um trágico acidente faz suas vidas se encontrarem de um jeito inesperado.
Resenha: Questões do Coração foi o terceiro livro de Emily Giffin que li, principalmente por ter ouvido dizer que é uma espécie de continuação de Presentes da Vida e O Noivo da Minha Melhor Amiga. Digamos que o livro não é exatamente uma sequência deles pelo fato da história ser completamente distinta e o único ponto em comum entre eles ser que este conta a história de Tessa, irmã de Dex e protagonista do primeiro e que se passa alguns anos após ele. Apesar disso, quem não leu aquele e pretende, seria melhor começar por ele, já que neste podemos ver Dex no futuro e saber o que acontece em sua história anterior.
 
A trama deste gira em torno de duas personagens distintas, Tessa e Valerie. Incrível como foi tão bem descrita pela autora a diferença de personalidade entre essas duas protagonistas: um exemplo seria o quanto Tessa é daquelas mulheres que querem ser aceitas na sociedade a qualquer custo mas sem perder os valores morais e Valerie, pelo contrário, ser bem mais retraída e solitária. Tessa tem uma família e morre de medo de perdê-la, a ponto que Valerie tem apenas seu filho.
 
No começo da leitura fiquei em dúvida de qual das duas personagens era minha preferida. Com todas suas qualidades e defeitos, tinha criado uma afeição por ambas e isso tinha me deixado incapaz de decidir até ao menos a metade do livro. Depois disso, comecei a perceber que Tessa havia me cativado mais, por ser daquelas mulheres que apesar de perceberem que a família pode estar à beira de ruínas, tem a vontade e coragem de tentar mudar isso e ir atrás do que deseja.
 
Outro personagem que me cativou foi Charlie, filho de Valerie. Ele mostra ao mesmo tempo uma criança inocente e madura, o que pode ser facilmente percebido através de seus atos e falas. O que sempre me emocionou também no personagem foi a sua vontade, maior do que tudo, de ter um pai. Podemos ver que ele ama Valerie mais do que qualquer coisa, mas que sente falta de uma presença masculina ou de ter uma família unida, e por muitas vezes isso me comoveu.
 
Outro ponto que vale a pena ser ressaltado é a modernidade do livro. Trata com uma naturalidade que muitas vezes não vemos nem na vida real assuntos como a homossexualidade, mas sem parecer forçado demais ou irreal. Apesar de não ser a trama principal do livro, o fato de Valerie ter um irmão homossexual é um ponto legal da trama, que também as vezes é tratado com certo humor. Outro ponto mais moderno é vermos Tessa preocupada em aceitar seu ex namorado no Facebook, o que é de certo modo engraçado já que a maioria das mulheres, principalmente as inseguras, já passaram por isso.
 
Posso dizer que este livro me trouxe um misto de emoções diferentes: compaixão, pena e até mesmo raiva do rumo que a história tomou. O final, na minha opinião, foi um tanto inesperado e na hora fiquei sem saber se isso tinha sido algo positivo ou negativo. Porém, após certo tempo percebi que para mim tinha sido negativo e que mudaria o curso que ela tomou. Isso me desanimou um pouco porque tinha gostado muito da história criada por Emily até lá, e acabei não apreciando tanto o livro quanto achei que fosse. Apesar disso sei que não foi em nenhum momento um desfecho fantasioso e sim, apenas algo que vemos sempre no dia a dia.

Nota: ☻☻☻☺☺ (Bom)

17 comentários:

  1. Ahhhh, Emily linda Giffin! Eu tenho o livro, só vou diminuir os livros de resenha e pegar para ler! Tô querendo comprar o Ame o que é seu também, que foi relançado com uma capa linda, no padrão das outras, rssrsr
    Ela cria personagens como ninguém, mesmo! Não tem como não amar todos, rsrsrs
    Enfim, o realismo em suas obras é genial! Não imagino que o desfecho seja diferente. Quero saber!
    Beijão, Dessa!

    ResponderExcluir
  2. Ah! Já tinha visto sobre o livro e sinceramente ele parece ótimo> envolvendo duas mulheres maduras com uma trama legal. Típico do que gosto, hehe... Adorei sua resenha, Dessa!
    BEIJOS
    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  3. Hey
    Realmente esse livro é bastante elogiado.
    Eu não gosto muito de coisas sobre traição.. mas sou curiosa em relação a ele.

    Os homossexuais são sem engraçados nos livros haha me divirto

    Tem umas promoções no ar, se quiser participar...
    Bom final de terça
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dessa

    você tá num momento bem Giffin de literatura, hein?!
    Este é o livro dela que mais quero ler e fiquei animada pela sua resenha, gosto de personagens bem construídos e de histórias distintas que se encontram.
    Acho que a autora gosta de fazer livros diversos mas protagonizando cada vez um personagem já existente novo, né? Isso é legal :)

    beijocas (:
    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  5. Ai, a capa desse livr e' linda! Eu tenho ele na estante mas nao consegui ler ainda. Parece que a Emily e' uma escritora muito boa, nao e'?
    Adorei sua resenha.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Dessa!
    Eu quero muito ler esse livro, mas primeiro lerei Presentes da Vida!
    Já disse o quanto amo a escrita da Emily e as tramas que ela cria, são incrivelmente reais e, como você falou, ela aborda temas polêmicos de maneira muito natural, que é uma das coisas que mais me encanta na escrita dela!
    Pena que o final não te agradou como você imaginou que agradaria, espero não me decepcionar!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Andressa!
    E aí, vai continuar na fase Emily Giffin? rs
    Que pena que não tenha gostado tanto do livro como um todo. É meio chato mesmo quando estamos gostando do livro e o final é tão diferente do que a gente imaginava que faz pensar se gostou ou não do livro. Pelo menos assim entendi que foi seu sentimento em relação a ele.
    Não entra para as prioridades, mas gostaria de ler. Achei interessante tb a questão das atualidades tratadas nele.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Esse foi o único livro que li da Emily e não encontrei dificuldades, por não ter lido os outros, ainda bem, hehe.
    Gostei bastante da estória, por ter feito eu sentir um misto de emoções, também.
    No começo também fiquei dividida entre Tessa e Val, mas depois, com certeza Tessa foi minha preferida. O Charlie é um amor mesmo!
    Nem faz tanto tempo que li o livro e esqueci o final, gente, HAUHA.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Dessinha! Fiquei bem curiosa com essa sua resenha e felizmente tenho esse livro, ou seja posso matar a curiosidade facilmente.
    Juro que não sabia que esse era uma espécie de "continuação" dos outros, tudo bem que o gancho não é grande, mas ele existe e não fazia nem ideia; achei bem interessante até.
    A história parece ser bem intensa pelo que você disse, e adoro quando as personagens principais nos cativam, só é uma pena que o final não tenha te agradado.
    Ótima resenha, adorei mesmo!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Oii, Andressa.
    Eu tenho esse livro, mas fico adiando para ler porque já li várias resenhas que dizem isso sobre o final, dai fico meio receosa...
    Não sei se gostaria tanto de Tessa como você, também acho legal esse negócio de valorizar a família e tal, mas acho que o fato de ela querer tanto fazer parte da sociedade seria algo negativo, na minha opinião.
    Gostei bastante da resenha, parabéns!!!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde :)
    Eu não li "Presentes da Vida" e "O Noivo da Minha Melhor Amiga" apesar de uma amiga minha sempre me recomendar.
    Gostei da sua resenha de Questões do Coração *-*

    Beijos e cuide-se

    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  12. Oi Dessa!
    Ainda não li nada da Emily Giffin e não é que eu não pretenda, só não tive a oportunidade de ter em mãos nenhum livro dela.
    Acho interessantes esse livros que não são exatamente continuações, mas que possuem personagens de outros livros. O problema é que as vezes só descubro isso quando já estou lendo o último livro, por exemplo, e depois fico irritado por causa disso! shaushaush'
    Outro ponto vem a ser positivo para mim nesse livro é essa questão de termos duas personagens principais e existe essa dúvida em qual é a favorita!
    Enfim, ótima resenha! abraço.

    ResponderExcluir
  13. Acredita que eu ainda não li esse livro? Na verdade, ainda não li nenhum da Emily, então não sei muito o que esperar.
    Mas todos elogiam... então deve ser ótimo!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  14. Oi Andressa,
    Ah o único livro que tenho da Emily é Presentes da vida, pretendo comprar esse e o novo da melhor amiga para ler todos, mas confesso que não sabia que era um tipo de "continuação".
    Sua resenha me deixou curiosa, tanto essa como as outras, pretendo ler os livros em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Li algumas resenhas desse livro e achei muito linda a história que se é passada ao leitor. Ainda não tive a oportunidade dee ler, mas em breve pretendo mudar isso. ^^
    Nova resenha do livro Radiante, passa lá?
    manuscritodecabeceira.blogspot.com
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Oi Andressa, pelo que li, Questões do Coração deve ser um livro muito lindo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Comprei essa semana na Saraiva, estou esperando chegar. Eu vi o filme e adorei, espero que o livro seja bom também.

    ResponderExcluir