Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

13 de mar de 2012

Resenha: O Preço de Uma Lição - Federico Devito e Gutti Mendonça

Informações:
  • Título Original: O Preço de Uma Lição – Às Vezes Amar Muito não Basta
  • Autores: Federico Devitto e Gutti Mendonça
  • Editora: Novo Conceito - Jovem (cortesia)
  • Páginas: 366
  • ISBN: 9788563219664
Sinopse: Os meninos são, sim, capazes de amar. ”Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.” Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções. O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar. Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço?

Resenha: Queria poder começar a resenha deste livro dizendo que apesar de tantos comentários negativos, a história me surpreendeu e que discordo de tudo aquilo que já disseram sobre ele. Queria, mas não posso.

A história se passa em São Paulo e tem como protagonista um garoto, algo um pouco diferente da maioria dos livros juvenis, que em sua maioria possuem narradoras do sexo feminino. Mesmo com essa diferença, que deveria ser um ponto positivo para o livro, mostrando o lado romântico que os garotos possuem, os autores não conseguiram acertar. O narrador, na maior parte do tempo, mais parece uma garota, com dilemas mais parecidos aos vividos por nós mulheres na adolescência do que com os homens. O excesso de detalhes na narrativa e o fato do menino saber de cor todas as datas de relacionamentos, primeiro beijo, primeira saída, não conseguiram me convencer de que fosse um personagem semelhante à realidade, já que entra em conflito com o que vivemos realmente. Logicamente, há algumas exceções, mas não de um modo exagerado como pareceu a personalidade deste.

Sei que os meninos são, sim, capazes de amar. Não duvido que conhecendo a garota certa, qualquer homem pode apaixonar-se perdidamente. Porém, o sentimento deste protagonista não me convenceu em nenhum momento e não só por não ter simpatizado com ele desde o princípio, mas também pelo fato de tudo ter aparentado um tanto forçado. O sentimento exagerado que sentia por Juliana nunca me convenceu, como se simplesmente tivesse sido jogado através das páginas para que fosse acreditado, mas que me pareceu muito fraco.

O garoto muitas vezes tomava atitudes mesquinhas e egoístas, não só com relação à namorada, mas também em relação aos amigos. Sempre que contrariado, fazia birra, crises infantis de ciúmes sem nenhum fundamento e ficava anos sem falar com tal pessoa, pensando somente em si mesmo todas as vezes. Outro ponto que deveria parecer interessante e diferente aos leitores é o fato do garoto não revelar seu nome ao longo de toda a trama. Fiquei esperando este momento chegar e acabar com esse pequeno incômodo que me causou, mas isso simplesmente não acontece o livro inteiro, e foi mais um ponto negativo para mim.

O que mais gostei na história, foi com certeza seu final. Não que o tenha achado bom, mas em comparação ao resto, que me incomodou muito, o final foi o mais razoável. Desde o começo da história imaginei um final extremamente clichê em prol do rumo que a mesma estava tomando, mas o desfecho se revelou diferente disso. Se o livro tivesse me agradado já em outros pontos essenciais, como no enredo, teria me empolgado mais o fim que a mesma levou.

Apesar de tudo, devo ressaltar o trabalho da editora Novo Conceito mais uma vez. A capa do livro condiz bastante com a trama e ao mesmo tempo possui um charme único. Desde a primeira vez que a vi, considerei fantástico o trabalho da mesma, sempre procurando inovar.

Em suma, a história não conseguiu me envolver e não consegui simpatizar com o narrador. É um livro que se tivesse sido mais bem aproveitado pelos autores, poderia ter resultado em algo legal, mas que no fim, acabou não sendo. Não consegui deixar de sentir a história um tanto vazia para a proposta e não é um livro que releria num futuro próximo. Mesmo assim, agradeço à editora por ter me enviado o exemplar para resenha.

Nota: ☺☺☺☺ (Ruim)

18 comentários:

  1. Ui,tenso. É a primeira vez q eu vejo uma resenha em que a pessoa tenha se decepcionado com o livro. Sinceramente, eu estava pronta para ler o livro só pq tds estavam falando mal, e queria saber c é d td ruim. Mas quando eu soube q o nome do garoto ñ é revelado durante td o livro... Peraí, qual o fundamento disso? Não quis mais entrar no desafio.
    Parabéns pelo comentário sincero.
    Bjs
    Pamela Chris

    ResponderExcluir
  2. Como já havia contado para você não sinto a menor vontade de ler o livro. E agora menos ainda! Tipo, todos os pontos que você citou só serviram para mostrar que eu realmente não iria gostar do livro, afinal, grande parte das características do personagem principal me irritam na vida real, imagine então em um livro. Que diga-se de passagem não é tão pequeno.

    ResponderExcluir
  3. É, sua resenha não foi uma surpresa, aliás, acho que teria sido se você tivesse gostado do livro.
    Foram pouquíssimas as pessoas que vi gostarem e, como eu já não fazia questão de lê-lo, não pretendo e nem quero ler. Uma pena, porque a proposta é bem legal!
    Parabéns pela resenha sincera e super bem escrita!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, confesso que me assustei com a sua nota pro livro e a resenha, que foi bem negativa, rs. Já vi várias resenhas, e a maioria dizia que o livro era bom - bom, não ótimo.
    Tenho uma vontade imensa de ler! Ganhei ele em uma promoção essa semana, e estou aguardando ansiosa pra tê-lo em mãos!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Oi, querida. Tudo bem?
    Pois bem, realmente você não é a primeira pessoa que eu escuto falar mal desse livro, e pra dizer a verdade, não tenho a mínima vontade de ler.

    http://marinahgattuso.blogspot.com/

    Beijos!
    MarinahG.

    ResponderExcluir
  6. É uma pena esse livro não ser bom. Porque achei a capa incrível, muito bem feita.
    Achei interessante o jeito como vc começou, que queria poder discordar de todas as resenhas q tinha lido, mas não podia.
    Acho que foi um risco que a editora correu em apostar num livro assim, mas de qqr forma parabéns a eles por sempre estarem dispostos a inovar, né?
    Gostei da sua resenha. Foi bem sincera. Se chegar a ler o livro, já vou sabendo que não posso esperar mta coisa...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Andressa!
    Ah já li esse livro e concordo com tudo que você falou. Também não gostei do livro, muito menos do protagonista.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Só pra contrariar, me deu vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá :)
    Eu li tantas resenhas dizendo que não gostaram do livro que eu queria ler >.<

    Beijos e cuide-se
    _______________
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  10. Tá aí um livro que eu não tenho UM PINGO DE VONTADE de ler...
    Inicialmente, podia ser até preconceito de minha parte, mas depois, vi tanta gente falando mal do livro que eu fiquei com menos vontade ainda.
    Gostei da sua sinceridade e da resenha!

    Beijos, Carol.
    www.perdidanaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Nuss um personagem principal sem nome? Isso ia me incomodar muito tbm rsrs
    Eu acho a capa desse livro muito bem feita!
    Mas não é um livro q faça meu estilo, já li varias resenhas negativas sobre ele...Uma pena.

    Como a Carolina eu tbm adorei sua sinceridade na resenha ;)

    Tem post novo lá no blog, quer ler?
    http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

    -PatyScarcella

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Ah esse livro já vi tantas criticas, acredita que nunca tive vontade de ler ?
    Lendo sua resenha só tive certeza que não quero ler esse livro, não por enquanto né rs.
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Achou mais ruim que eu... Pelo menos eu dei uma nota dois.
    Espero realmente, que os meninos evoluam. E que no próximo livro deles, possamos falar bem.
    Não tenho o que falar dessa capa. Descrevo ela em uma palavra: linda. Mas a estória... Achei uma pena não ter gostado.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  14. Oi Dessinha!
    Simplesmente me revoltei e não vou ler esse livro, mesmo ele sendo de parceria =/ Odeio fazer esse tipo de coisa, mas esse é tão intragável para mim - sempre o foi, desde o início, e principalmente depois com todas as resenhas - que não irei perder o meu tempo lendo um livro ruim, ou péssimo, sabendo com 100% de chance que irei odiar! Adoro o trabalho da NC, e sempre me empolgo com todos, mesmo os que tenho menos interesse, mas esse é daqueles que não dá pra engolir rs Já sorteei um exemplar e em breve irei também sortear o meu! Li a sua resenha e não posso dizer que me surpreendi com as coisas que você disse! Acho que esses meninos não tinham nenhuma maturidade para escrever uma história e sinceramente não consigo nem entender o porque eles fizeram! O protagonista longe de ser carismático, parece ser um relato daqueles garotos chatos da escola, do tipo metido e egoísta que ninguém quer por perto! Passo longe desse livro rs (revolta total, agora hahaha)
    Mas sério, não consegui encontrar uma pessoa sequer em toda a blogosfera que tenha gostado!
    Beijos e adorei a sinceridade como sempre!
    Ps. Amei o seu comment lá no blog! ^^

    ResponderExcluir
  15. Hey Nossa!
    Uma carinha! Parabéns pela resenha sincera..
    Eu ainda não li, aqui nós dividimos os livros.. eu e minha prima.. ela ficou com ele.

    Acho que o fato do rapaz não revelar o nome, provavelmente pq deve ser um dos autores, não?
    E ainda enfiaram meu nome nisso hahahaha.. soube que tem uma Juliana na história.

    beijos
    NANA - OBSESSION VALLEY

    ResponderExcluir
  16. Andressa,

    Você foi sincera de maneira ímpar, heim? haha Eu também não morri de amores pelo livro, mas fiquei surpresa com uma carinha apenas :o
    Achei que para autores iniciantes eles até que conduziram uma história interessante, mas faltou aquele algo a mais, um desfecho adequado. O pior era o garoto repetindo o tempo todo que amava a Juliana e blábláblá, que a Juliana é linda e não sei mais o quê. Outra coisa foi a juventude totalmente rica e com facilidade pra conquistar o mundo. O cara com 3 meses de trabalho já tem dinheiro pra comprar um carro. Oi?
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Parabéns pela sinceridade!

    Um beijo!
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  17. Ah, é justamente por isso que nunca começo a leitura desse livro. Tanta gente fala mal dele... Mas nem é só por isso. É mais porque esse é o meu último tipo de literatura preferida, então para eu gostar de um livro desses, ele tem que ser MUITO bem escrito e bem desenvolvido, o que não é o caso desse livro, né?
    Posso até tá sendo preconceituosa, mas acho que colírio da Capricho não deveria se aventurar em campos que não sabem o que estão fazendo, como é o caso da literatura.
    No final das contas, acho que esse livro é o tipo de livro que chamo de "livro comercial", que é aquele tipo de livro sem conteúdo, muito clichê, mas que, no final das contas, vende muito, seja por que o autor é famosinho (no caso desse) ou seja porque a pessoa vai ler uma história clichê que vai suprir todos os seus anseios, mas que não vai acrescentar nada em sua vida.
    Enfim, sou chata assim mesmo com esse tipo de livro. :s

    Beijão ♥
    Priscilla Duhau
    Livrificando

    ResponderExcluir
  18. Oi Dessa,

    Estou meio sumido por causa do início das minhas aulas na faculdade. Como é o meu primeiro semestre leva um tempinho para se organizar. Bom... Vamos a resenha.
    No início queria muito ler esta obra, mas depois de ler algumas resenhas perdi toda a vontade de lê-la. Prefiro não ler para não me sentir frustrado. Mas se um dia cair nas minhas mãos irei ler, mas não esperando algo. Mas não é um investimento que farei.
    Muito boa a resenha. Parabéns.

    Mateus Noremberg - Livros Preciosos

    ResponderExcluir