Início Editoras Parceiras Blogs Parceiros Autores Parceiros Contato undefined

4 de set de 2011

Resenha: Sorte ou Azar? - Meg Cabot

Informações:
  • Título Original: Jinx
  • Autora: Meg Cabot
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 288
  • ISBN: 8501080918
Sinopse: A falta de sorte parece perseguir Jinx onde quer que ela vá — e por isso ela está tão animada com a mudança para a casa dos tios, em Nova York. Talvez, do outro lado do país, Jinx consiga finalmente se livrar da má sorte. Ou, pelo menos, escape da confusão que provocou em sua pequena cidade natal. Mas logo ela percebe que não é apenas da má sorte que está fugindo. É de algo muito mais sinistro... Será que sua falta de sorte é, na verdade, um dom, e a profecia sob a qual ela viveu desde o dia que nasceu é a única coisa que poderá salvá-la?
 
Resenha: Assim como em todos (pelo menos que eu já li) livros da Meg Cabot escritos para adolescentes, é uma história leve e divertida, onde a protagonista só se mete em confusão, e na maioria das vezes (se não todas) é muito idiota para perceber algumas coisas que estão simplesmente no nariz dela.
 
O livro tem uma história clichê, de uma garota caipira que vai a cidade grande tentar esquecer o passado e que encontra o garoto mais lindo da escola e se apaixona por ele. Mas é claro que não dá pra se esquecer do passado assim tão depressa, e ele começa a persegui-lá antes que perceba.
 
Zach, por quem Jinx se apaixona, é o típico garoto perfeito de livros ou filmes. Não bebe, não fuma, quer sempre o bem do próximo, musculoso e mais um trilhão de qualidades. Já Tory, prima de Jinx é a perfeita vilãzinha com inveja, que apesar de ser linda e rica, quer sempre mais e tem inveja da prima caipira e simples.
 
‘’Sorte ou Azar?’’ tem um desenrolar bom, quando você menos percebe já está no meio da história, e ainda por não ser um livro grande, é rapidinho para acabá-lo. Eu particularmente gosto das histórias da Meg, sempre engraçadas e com aquele final fofinho.
 
Só que ao mesmo tempo, a história é muito óbvia, e muitas vezes você se vê gritando com a protagonista para que ela não faça suas escolhas erradas, mas é o que sempre acaba acontecendo. A única coisa que não gostei muito foi justamente isso, as vezes a autora quer passar a impressão de que a protagonista é muito inocente e não pensa no lado ruim das pessoas, e ela fica com ar de um tanto burra.
 
Apesar de ser fã da Mega, achei o livro mais fraquinho que já li da autora. Vale a pena se você não tem muita opção de leitura e se gosta do gênero da autora. Se você não gosta, recomendo escolher outro tipo de leitura.
Nota: ☻☻☻☺☺ (Bom)

4 comentários:

  1. A história é bem legal! Leve e divertida. Ainda não li nenhum livro da Meg, mas eles parecem ser muito bons! Adorei a sua resenha :}

    Igor Gouveia
    25conto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa!
    Sua resenha está ótima!
    Ainda não li o livro, mas tenho aqui em casa, esperando pra ser lido!
    Pena que seja óbvio e clichê, mas como gosto do gênero e da escrita da Meg, tenho certeza que será uma boa leitura para distração, como você ressaltou!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Andressa!
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da Meg, mas tenho super vontade! Esse livro parece ser ótimo!!!

    O layout ficou mara!!!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  4. AI QUE LINDO..QUERO LER !!!!


    VOCÊ QUER GANHAR UM LIVRO AUTOGRAFADO?
    http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/

    SORTEIO DO LIVRO "A GALERIA WILSON" de Maicon Tenfen

    AUTOGRAFADO COM O NOME DO VENCEDOR!!!

    ResponderExcluir